::: Motomodd Estatus: Total de tópicos: 11,819, Total de Posts: 69,858, Total de Membros: 241,250 - Desbloqueio Motorola - Desbloqueio Nokia - Desbloqueio Samsung - Desbloqueio BlackBerry - Desbloqueio Modem Huawei - - Desbloqueio Sony Ericsson
Horários baseados na GMT -3. Agora são 04:34 PM.
Motomodd



Voltar   Motomodd > Regras e comunicados gerais > News Motomodd
Notícias

News Motomodd Novidades Sobre Tecnologia e GSM.


Resposta
 
Ferramentas do Tópico
  #1  
Antigo 02-12-2008, 03:34 PM
Avatar de felipe MP
Modder News
 
Registrado em: Sep 2008
Posts: 690
MUITO OBRIGADO: 1
Agradecido 1,014 Vezes em 502 Posts
Reputação: 15
felipe MP é uma jóia brutafelipe MP é uma jóia brutafelipe MP é uma jóia brutafelipe MP é uma jóia bruta
Padrão Dicionário do celular - Entenda todos os termos que envolvem telefonia celular!

Dicionário do celular - Entenda todos os termos que envolvem telefonia celular!

ABTA: Associação Brasileira de Telecomunicações por Assinatura.

Acesso: Modo pelo qual um assinante pode se conectar à rede de telecomunicações, como pares de fios Metálicos, Fibras Ópticas, ondas de rádio, via satélite, TV a Cabo, etc.

Acessórios: São itens complementares ao seu aparelho que proporcionam maiores benefícios na utilização do mesmo. Ver: Adaptador Fax/Modem, Adaptador Veicular de Bateria, Bateria de Reposição e Antena.

Adaptador Fax/Modem: acessório que permite conectar o telefone celular a aparelhos fax ou modems de microcomputadores pessoais. Deste modo o assinante pode transmitir e receber informações, no seu fax ou microcomputador, através do telefone celular.

Adaptador Veicular de Bateria: acessório que permite conectar o telefone celular ao acendedor de cigarros de automóvel; deste modo, a energia para o funcionamento do telefone é fornecida pela bateria do automóvel, poupando e, em certos casos, recarregando a bateria do próprio telefone.

Adesão: É o ato de aceitação pelo cliente das normas de Serviço Móvel Celular e de pagamento da tarifa como usuário do sistema.

ADCPM: Adaptative Differencial Pulse Code Modulation (Modulação por Código de Pulsos Diferencial Adaptativa) - é um dos métodos de digitalização de sinais de voz codificados.

ADSL: Assymetric Digital Subscriber Line (Linha de Assinante Digital Assimétrica) - tecnologia que possibilita, através de fios telefônicos já instalados na casa do usuário, o alcance de velocidades de transmissão de dados de até 8 Mbps no sentido downstream e 1Mbps no sentido upstream.

"Air Time": é o tempo de utilização do telefone celular, tanto originando como recebendo chamadas. Ver: Tempo de Uso do Canal.

AMPS: Advanced Mobile Phone System (Sistema Analógico de Telefonia Celular) - adotado primeiro nos Estados Unidos e depois em mais de 55 países, inclusive no Brasil.

Amplificador de Potência (booster): acessório, para uso principalmente com Kit-Veicular, que aumenta a potência do telefone celular portátil de 0,6 watts para até 3 watts, melhorando a qualidade das chamadas regiões limítrofes ou de difícil comunicação.

Analógico: Palavra usualmente empregada para aparelhos eletrônicos que trabalham com variações contínuas e sinais elétricos. Essas variações são, em geral, proporcionais (análogas) a outros fenômenos, como, por exemplo, as variações na pressão do ar provocadas por sons como os de instrumentos musicais.

ANSI: American National Standards Institute - Instituto Nacional de Padronização Norte-Americano.

Antena: é o elemento de irradiação das ondas de rádio do telefone celular. Está presente tanto nos telefones portáteis e transportáveis como instalada nos automóveis.

Área de cobertura: Extensão territorial atingida pelos sinais de uma estação de rádio-base. Coincide com a área de uma célula.

Área de registro: Região em que o celular foi registrado.

Área de serviço: Área em que as estações móveis têm acesso ao serviço móvel celular originando e recebendo chamadas, inclusive da rede pública de telefonia.

Área de sombra: Local dentro de uma área de serviço onde obstáculos, paredes, edifícios, viadutos ou montanhas bloqueiam a propagação das ondas de rádio, impedindo a comunicação entre ERBs e Sem.

Armário Óptico: Solução amplamente utilizada na opticalização (fibra óptica) de redes de acesso, que permite levar acessos a assinantes remotos permitindo oferecer serviços de telefonia, internet, TV a cabo e multimídia. Geralmente os Armários Ópticos são instalados bem próximo dos assinantes, o que garante alta qualidade do sinal, no lado do usuário.

ATM: Asynchronous Transfer Mode (Modo de Transferência Assíncrona) - tecnologia de redes de dados, voz e imagem voltada a aplicações que necessitam de alta taxa de transmissão e/ou multimídias. As velocidades mais comuns para transmissões ATM são de 25 Mbps, 155 Mbps e 622 Mbps.

Assinatura Mensal: tarifa mensal paga pelo usuário referente à prestação do Serviço Móvel Celular. Ver Serviço Móvel Celular.

Atendimento por Qualquer Tecla (Any Key Answer): característica presente em alguns telefones celulares. Permite atender a uma chamada telefônica pressionando-se qualquer tecla do aparelho.

Banda: O mesmo que faixa de freqüências. É a porção do espectro de freqüências compreendida por duas freqüências-limite. A largura de banda é a diferença entre essas duas freqüências, independentemente de onde elas estão no espectro.

Banda A: Faixas de freqüência destinadas à telefonia celular, que serão exploradas por exploradoras públicas, como as 27 empresas do Sistema Telebrás. No sentido ERB - telefone celular, a banda A compreende:
869 MHz a 870 MHz (A");
870 MHz a 880 MHz (A"); e
890 MHz a 891,5 MHz (A").
no sentido telefone celular - ERB, a banda fica assim:

824 MHz a 825 MHz (A");
825 MHz a 835 MHz (A"); e
845 MHz a 846,5 MHz (A").

Banda B: Faixas de freqüência também destinadas à telefonia celular, que serão exploradas pela iniciativa privada, concorrendo com as operadoras da banda A. No sentido ERB - telefone celular, a banda é assim composta:
880 MHz a 890 MHz (B); e
891 MHz a 894 MHz (B').
no sentido telefone celular - ERB, tem-se

835 MHz a 845 MHz (B); e
846,5 MHz a 849 MHz (B').

Banda de guarda: Faixa de freqüências sem uso entre dois canais, de forma a evitar interferências mútuas.

Banda larga ou Faixa longa: Uma faixa de freqüência larga o bastante para sinais digitais de grande velocidade. Por exemplo, transmitir sinais digitais a 155 Mbps requer rádios de banda larga.

Bateria de Reposição (Reserva): bateria que pode ser adquirida de forma avulsa. Telefones celulares usados freqüentemente e por períodos prolongados podem necessitar de uma bateria reserva. Ver: Tempo de Conversação e Tempo de Espera.

BHCA: Busy Hour Call Atempt - Unidade utilizada para indicar o número de chamadas na hora de maior movimento.

Bit: Acrônimo de binary digit (dígito binário). Um bit pode representar apenas dois estados: 0 ou 1, verdadeiro ou falso, sim ou não, 5 volts ou 0 volt etc. É a menor unidade de informação usada por computadores: um bit pode ser uma pequena corrente elétrica num circuito elétrico ou um furo no cartão de papel. Sozinhos, bits contêm muito pouca informação; em grupos de oito, contudo, os bits convertem-se nos populares bytes, usados para representar todo tipo de informação, de letras aos pontos coloridos de uma tela de computador.

Bloqueio a Distância: característica presente em alguns telefones celulares que permite o bloqueio do aparelho a distância. Muito útil no caso de roubo.

BPS: Bits por segundo, uma medida de velocidade com que equipamentos digitais podem transferir dados, na forma de um bit de cada vez.

Broadband: Qualquer sistema que permite entregar muitos canais e/ou serviços para os usuários ou assinantes. TV a Cabo, xDSL, SDH, ATM e DWDM são exemplos típicos de tecnologias broadband.

Cable Modem: Modem que utiliza a rede de TV a Cabo ao invés da linha telefônica para trafegar informações em alta velocidade, com velocidades de até 42Mbps no sentido headend/usuário (downstream), e da ordem de até 10,2Mbps no sentido usuário/headend (upstream) . No caso de Cable Modem do tipo com retorno pela linha telefônica, o upstream está limitado às condições da linha telefônica, geralmente menor que 56Kbps.

Caixa postal de voz: O mesmo que voice mail ou correio de voz. É uma espécie de secretária eletrônica: recados para um usuário são gravados para posterior recuperação. É um sistema muito usado em telefonia celular; chamadas destinadas a um celular ocupado ou fora de serviço são desviadas para uma caixa postal de voz.

CATV: Community Antenna Television, significa sistema de TV a Cabo.
CCC: Central de Comutação e Controle - é o coração do sistema celular, responsável por todo o gerenciamento do sistema. É uma central do tipo CPA (Central de Programa Armazenado) que funciona como um grande computador, recebendo e encaminhando chamadas.

CCITT: Comité Consultatif Internationale de Télégraphie et Téléphonie. Um comitê internacional em que se discutem padrões para telecomunicações. Hoje, foi absorvido pela UIT.

CDMA: Code Division Multiple Access (Acesso Múltiplo por Divisão de Código) - padrão digital para telefonia celular, em que todos os telefones móveis e todas as ERBs transmitem seus sinais ao mesmo tempo e nas mesmas freqüências portadoras. Cada um dos elementos do sistema (ERBs e assinantes) possui um longo código binário exclusivo para diferenciar um do outro no lado do receptor. O código é aplicado a cada um dos bits gerados por um assinante, por exemplo. CDMA é o nome comercial da tecnologia do espalhamento espectral (spread spectrum) aplicada à telefonia celular.

C&C: Muito antes do termo "multimídia" tornar-se de uso comum, a NEC já promovia a idéia da integração das tecnologias de computadores e comunicações para ajudar a melhorar a qualidade de vida ao redor do mundo. Este esforço resultou num conceito sinérgico chamado C&C (a integração das tecnologias de computadores com as de comunicações), que foi exposto pela NEC em 1977, na Conferência Intelcom, em Atlanta, nos Estados Unidos. Desde então, C&C é um termo que integra a estratégia da companhia. Evoluindo no conceito de C&C, a NEC alcançou o presente desenvolvimento em seus negócios de computadores, de telecomunicações e de componentes eletrônicos. Na visão da NEC, a multimídia é realizada pela integração de comunicações digitais avançadas com computadores poderosos e tecnologias de componentes. Assim, o conceito C&C é a espinha dorsal que suporta e promove a multimídia da NEC.

Célula: Subdivisão geográfica da região atendida pelo Serviço Móvel Celular. Cada célula tem um conjunto de transmissores, receptores e antenas que recebem e transmitem as chamadas celulares daquela região.

Central telefônica: Conjunto de equipamentos cujo centro é uma matriz de comutação, capaz de encaminhar ou estabelecer automaticamente chamadas telefônicas. Uma matriz de comutação, por sua vez, é uma máquina capaz de unir eletricamente dois pontos (no caso da telefonia, dois assinantes).

Chamada em Espera: é um serviço que permite deixar uma ligação atual em espera e atender outra chamada.

Chip: O mesmo que circuito integrado. Em eletrônica, é a montagem de vários componentes eletrônicos, como transistores e resistores, numa única pastilha de cristal de silício ou de outro material semicondutor. Circuitos integrados são classificados conforme o número de componentes que contêm: menos de 10, SSI, small scale integration; de 10 a 100, MSI, medium scale integration; de 100 a 5.000, LSI, large scale integration; de 5.000 a 50.000, VLSI, very large scale integration; de 50.000 a 100.000, SLSI, super large scale integration; mais de 100.000, ULSI, ultra large scale integration. O processador Pentium, da Intel, é um bom exemplo de chip. Tecnologias como o CDMA só se tornaram possíveis graças ao extraordinário desenvolvimento dos chips.

Circuito: Caminho fechado. Em eletrônica, qualquer caminho por onde passe uma corrente elétrica. Mais genericamente, o termo pode significar um conjunto de componentes elétricos ou eletrônicos interligados para realizar determinada função.

Clonagem: é o processo ilegal de copiar a "identidade" de um telefone celular, transplantando-a para um aparelho diferente, que é usado para efetuar chamadas fraudulentas. Com o sistema digital, a clonagem torna-se extremamente difícil.

COT: Central Office Terminal. Termo amplamente utilizado em redes de acesso, para dizer Equipamento de transmissão localizado no lado da central telefônica.

CODEC: Codificador/Decodificador - elemento utilizado para compressão/descompressão de sinais de voz digitalizados.

Comutação: Estabelecimento temporário de caminhos entre dois pontos. Em telefonia, esses caminhos são circuitos necessários à interligação entre dois assinantes. Terminada a conversa, os circuitos são liberados para outros assinantes.

CPA: Controle por Programa Armazenado. Em inglês, SPC. Esta sigla é usada para denominar as centrais telefônicas eletrônicas controladas por software.

Digital: Relativo a valores representados em passos predeterminados. A cada passo (ou nível ou patamar) está associado um número inteiro ou um dígito. Em informática e telecomunicações, digital é sinônimo de informação representada por bits, isto é, informação digital binária.

Digitalizar: Processo pelo qual se transformam informações analógicas em informações digitais (representadas por bits). Os conversores analógico-digitais fazem amostragens do sinal analógico e atribuem a cada amostra um código digital específico. No caminho reverso, os conversores digital-analógicos tomam os códigos e os transformam de novo em amostras analógicas. Com adequada velocidade de amostragem, o sinal analógico pode ser razoavelmente recuperado.

Discagem Abreviada para Retornar Ligação: disponível apenas para usuários de serviços digitais. É a possibilidade de retornar uma ligação digitando uma única tecla no seu aparelho.

DLC: Digital Loop Carrier. Termo amplamente utilizado em redes de acesso, tecnologia que permite entregar serviços de telefonia, dados, vídeo e internet, a localidades remotas via fibra óptica.

DOCSIS: Data Over Cable Service Interface Specifications. Especificação de Cable Modem (para TV a Cabo) desenvolvida pelo consórcio MCNS. Refira também para MCNS.

DSL: Digital Subscriber Line. Tecnologia de transmissão que transporta informações digitais por meio de pares de fios de cobre existentes. As taxas de transferências dependem da variação do sistema que se usa (exemplos: ADSL, HDSL, VDSL, SDSL).

DTMF: Dual-Tone Multy-Frequency - sistema de sinalização de baixa velocidade utilizada, normalmente, para envio de dígitos através de dois tons combinados.

DWDM: Dense Wave Division Multiplexing. Tecnologia que permite trafegar muitos canais de alta velocidade, como 2.5Gbps, em um único par de fibras ópticas. Esta tecnologia permite trafegar, por exemplo, até 40Gbps.

Efeito memória: Se a bateria de um telefone celular for sempre recarregada antes de ter a sua carga esgotada, vai registrar o limite de capacidade menor, reduzindo seu tempo de duração.

ERB: Estação Rádio-base. São os equipamentos que fazem conexão, por ondas de rádio, com os telefones celulares. As informações transmitidas pelos telefones celulares são enviadas, pela ERB, para CCC, onde está a "inteligência" do sistema celular. A ERB não tem capacidade de comutação: se dois telefones celulares, conversando entre si, estiverem na área de cobertura da mesma ERB (célula), terão sua comunicação comutada pela CCC.

Erlang: Unidade de intensidade do tráfego telefônico.
Espectro de freqüências: É um grupo de freqüências de um tipo qualquer de radiação. Por exemplo, o espectro visível é um grupo de freqüências de luz que pode ser percebido por seres humanos. O espectro de rádio FM é o grupo de freqüências que vai de 88 MHz a 108 MHz. Um sinal eletromagnético complexo, como os que transportam sinais digitais, é composto pela soma de um número infinito de outros sinais eletromagnéticos mais simples. É por isso que uma onda quadrada pode ser representada por um espectro de freqüências - o grupo de freqüências básicas que, somadas, resultam naquela onda. E é por isso também que o sinal CDMA, supercomplexo, ocupa um espectro tão largo.

Estação móvel: É o aparelho celular portátil, veicular ou transportável, adquirido pelo próprio usuário e utilizado para fazer as chamadas.

Estação Rádio Base (Cell Site): é a estação-base de uma célula e compreende uma antena, transmissores-receptores de baixa potência e uma unidade de comutação móvel.

Estado-da-arte: Tecnologia de ponta.

ETSI: European Telecommunications Standards Institute - Instituto Europeu de Padronização de Telecomunicações.

Fenômeno perto-longe: Imagine que duas unidades móveis estão tentando se comunicar com a mesma ERB, e que a unidade A está mais perto que a B, e ambas estão dentro da área de cobertura. Como a unidade A está mais perto, seu sinal de rádio é mais forte. Se as duas unidades tentarem transmitir ao mesmo tempo, pode acontecer de a unidade B nunca conseguir um acesso. Bons protocolos de acesso por rádio devem estar preparados para evitar este fenômeno.

FPLMTS: Future Public Land Mobile Telecommunication System - Nome dado pelo ITU para os sistemas móveis de terceira geração. Também conhecido por IMT-2000.

Freqüência: Medida que indica quão freqüentemente um evento periódico ocorre; em eletrônica e telecomunicações, é o número de vezes por segundo que um sinal repete um ciclo de 360º. Em geral, freqüência é medida em Hertz.

FTTC: Fiber-To-The-Curb (Fibra até a Calçada) - tecnologia para transmissão de TV a cabo digital, dados e telefonia que leva o sinal através de fibra óptica até o quarteirão e, de lá, é derivado para par trançado ou cabo coaxial até a casa do usuário.

Full duplex: Transmissão dos sinais gerados por duas pessoas ou máquinas, nos dois sentidos simultaneamente. Uma conversa ao telefone ocorre por conexão full duplex, embora uma conversa seja geralmente half duplex - um fala enquanto o outro só escuta. Brigas costumam ser full duplex.

GSM: Global System for Mobile communication: padrão europeu para o sistema móvel celular digital de segunda geração.

Identificação de Chamadas: é um serviço digital que permite ao usuário saber quem está chamando antes de atender a ligação.

IS-136: é a última versão da tecnologia TDMA disponível no Brasil. Tem qualidade de voz superior a outras versões e está sendo utilizada pela maioria das operadoras que estão implantando serviços digitais.

Habilitação: Procedimento realizado pela companhia telefônica, que coloca a estação móvel em ação.

Headend: Central de recepção, processamento, geração e retransmissão dos sinais para os assinantes de um sistema de TV a Cabo.

HFC: Hybrid-Fiber-Coax (Híbrido Fibra-Coaxial) - tecnologia utilizada por TV a cabo analógica e digital em que a fibra sai da central até uma região da cidade e, de lá, é derivada para cabos coaxiais que contêm o sinal de TV. É a tecnologia utilizada pelas operadoras de TV a cabo no Brasil e na maior parte do mundo.

Half duplex: Transmissão dos sinais gerados por duas pessoas ou máquinas nos dois sentidos, um de cada vez.

Hand-off: Passagem. Em telefonia celular, é a passagem do controle de um assinante de uma ERB para outra, conforme ele se movimenta. Associada ao hand-off, há a troca de canal pelo qual o assinante vai continuar sua conversa, ou seja, dentro da cobertura de uma ERB, o assinante usa um canal; na outra ERB, vai ter de usar outro canal. Quando ocorre troca de freqüências, o hand-off é conhecido como hard hand-off.

Hertz: Sigla Hz. É a unidade de freqüência, medida em ciclos por segundo. Um ciclo por segundo equivale a um Hertz. O nome vem do físico alemão Heinrich Rudolf Hertz, que morreu em 1894.

IMT-2000: (International Mobile Telecommunications - 2000) - nome dado ao sistema celular digital de terceira geração, proposto pelo ITU.

Interface aérea: Padrão pelo qual duas máquinas se comunicam por meio de ondas de rádio. Este padrão é também chamado de protocolo.

Interferência: Qualquer emissão, irradiação, indução e ruído eletromagnético que interrompa, perturbe ou degrade a recepção de sinais de telecomunicações.

Internet: Rede mundial de computadores, surgida nos anos 60 e popularizada nos últimos anos, e com maior intensidade após 1995. Permite que usuários de vários tipos de computadores no mundo inteiro se comuniquem por meio de um protocolo comum (TCP/IP). A Internet pode ser acessível por linhas telefônicas, redes de TV a cabo, dentro outros meios.

ISDN: Integrated Services Digital Network - Rede de Serviços Digitais Integrados.

ITU: International Telecommunications Union: organismo internacional voltado ao aprimoramento e orientação das telecomunicações no mundo.

LAN: Local Area Network (Rede de Área Local) - conceito que define as interligações de computadores que se encontram em um mesmo prédio. As tecnologias mais utilizadas para as LANs são: Ethernet, Fast Ethernet, FDDI e ATM.

Largura de banda: Igual à largura de faixa e a bandwidth. É a largura de espectro de freqüências necessária ao funcionamento de uma máquina. É o tamanho de uma banda.

Máquina anunciadora: Máquina que recita recados pré-gravados em ocorrências específicas no âmbito da telefonia, como: "Este telefone mudou de número".

MAN: Metropolitan Area Network (Rede de Área Metropolitana) - conceito que define as interligações de redes locais (LANs) que se encontram em uma mesma cidade ou campus. As MANs utilizam tecnologias de LAN e WAN.

Memória de Rascunho (Scratchpad Memory): presente em alguns telefones celulares, permite armazenar números telefônicos numa memória, durante conversas.

Menu por Vários Idiomas: o telefone apresenta na tela as informações do menu no idioma escolhido pelo usuário. Está presente em alguns telefones celulares. Ver Operação por Menu.

MCNS: Multimedia cable Network System. Um consórcio da "CableLabs" e "North American Multi-system operators" que desenvolvem o DOCSIS para Cable Modem, especificação que tem sido endossado pelo ITU-T recentemente.

Microondas: Nome genérico e popular que designa três faixas de ondas eletromagnéticas (ondas de rádio):
Ultra High Frequency (UHF), de 300 MHz a 3 GHz;
Super High Frequency (SHF), de 3 GHz a 30 GHz; e
Extremely High Frequency (EHF), de 30 GHz a 300 GHz.

Minutagem: no aluguel de um telefone celular, refere-se ao tempo de uso do aparelho em conversação.

Modulação: O processo pelo qual se alteram as características de uma onda (de rádio ou elétrica), de forma que as alterações representem informações significativas para o ser humano ou para uma máquina. A modulação pode alterar a amplitude da onda (modulação em amplitude AM), ou sua freqüência (modulação em freqüência FM), ou sua fase (modulação por deslocamento de fase, PSK), ou ainda combinar várias dessas alterações.

Modulação QPSK: Quadrature Phase Shift Keying. É um tipo de modulação em que grupos de dois bits consecutivos (dibit) são representados por alterações na fase de uma onda portadora. Se do sinal digital a ser modulado (fonte de sinal) vem um dibit 00, não há alteração de fase. Se da fonte vem o dibit 01, a freqüência portadora salta 90 graus. Se vem o dibit 10, há um salto de 180 graus. E se vem o dibit 11, há um salto de 270 graus. Observe que a modulação QPSK reduz a quantidade de eventos do sinal de entrada (os bits) à metade ou, em outras palavras, a portadora modulada apresenta um número de eventos (alterações de fase) que corresponde à metade dos eventos da fonte de sinal. E, como se sabe, quanto mais complexa é uma onda de rádio, mais espectro ela ocupa. A modulação QPSK é usada no CDMA para modular o sinal do vocoder já codificado. Um vocoder de 8 Kbps produz um sinal bruto de 9,6 Kbps. Um código de 128 bits resulta num sinal digital a 1.228,8 Kbps muito complexo. Depois da modulação QPSK, o resultado é uma onda senoidal com 614,4 variações de fase por segundo, um sinal mais simples que ocupará menos espectro.

MPEG-2: Protocolo de compressão de Vídeo elaborada pelo "Moving Pictures Experts Group" do ITU-T.

MSO: Multiple System Operator. Empresa que possui ou opera mais de um sistema de TV a Cabo.

Multimídia: Termo utilizado em telecomunicações que permite tráfego de sinais de voz, dados e/ou imagens em uma mesma plataforma de comunicação, e de forma simultânea.

Multiplexador: Equipamento que combina diversos canais de entrada em um único sinal de saída.

Multiplicadores: quilo (K), mega (M) etc. - em telecomunicações, é muito comum representar números muito grandes ou muito pequenos com ajuda de prefixos multiplicadores. Os mais comuns aparecem no quadro: logo, 846,5 megahertz (MHz) equivalem a 846,5 x 1.000.000 x Hertz, ou drks: 846.500.000 Hz.

NAM (Numerical Assignment Module): termo técnico que corresponde ao número do telefone do assinante.

NCTA: National Cable Television Association. Associação norte americana de operadoras, programadores, distribuidores e fabricantes de equipamentos para TV a Cabo.

NMT: Nordic Mobile Telephone (system): sistema celular analógico adotado por alguns países europeus.

Número de Série Eletrônico (Eletronic Serial Number): número gravado eletronicamente no telefone pelo fabricante. Emitido pelo telefone celular durante o uso, serve para o sistema identificar o telefone em operação

NTT: Nippon Telegraph and Telephone Corporation: uma das principais operadoras de telecomunicações do Japão.

Operação Por Menu: um guia eletrônico é acessado pelo teclado, o que elimina a necessidade de memorizar o uso das principais funções do telefone. Ver: Menu por Vários Idiomas.

OPGW: Optical Ground Wire. Tecnologia de fibra óptica que faz uso das torres de alta tensão, largamente utilizada pelas empresas de fornecimento de Energia Elétrica.

PCM: Pulse Code Modulation (Modulação por Códigos Associados a Pulsos) - é um método de modulação em que o sinal elétrico análogo à voz humana é amostrado e digitalizado em 256 patamares pré-definidos. A cada patamar é associado um código de 8 bits. Como a voz humana, nos sistemas de telecomunicações, é amostrada 8.000 vezes por segundo, cada segundo resulta 64.000 bits (8.000 amostras x 8 bits associados a cada amostra). Digitalizadores PCM (também usados no CDMA) produzem sinais digitais de 64 Kbps.

PCS: Personal Communications Services (Serviços de Comunicações Pessoais) - é um conceito aplicado a serviços de comunicações por rádio que funcionaria a qualquer hora do mundo. Hoje em dia, a sigla está mais associada ao espectro de freqüências que o governo norte-americano leiloou para serviços de comunicações móveis, como telefonia celular e paging. Na posição de 2 GHz, esse espectro tem largura de banda de 120 MHz. Essa faixa tende a tornar-se uma das mais importantes para as comunicações móveis pessoais.

PHS: Personal Handy-phone System: sistema celular digital de segunda geração desenvolvido no Japão que, devido ao conjunto de tecnologias empregadas (TDMA/TDD), permite sua utilização não só como sistema celular móvel, mas também como sistema do tipo telefone sem fio (cordless).

Portadora: Também freqüência portadora ou canal. É a onda de rádio modulada por algum tipo de informação, segundo um método específico. Conhecendo o método, é possível retirar a informação dessa onda de rádio, cuja característica principal é sua freqüência.

Pré Pago: É a possibilidade de o usuário comprar, antecipadamente unidades de tempo de transmissão celular.

Propagação: Deslocamento de um sinal elétrico através de uma linha de transmissão (com o par de fios que chega ao telefone) ou o deslocamento de um sinal de rádio através do espaço.

Protocolo: Conjunto de regras de comunicação de padrões de conexão elétrica ou eletromagnética pelo qual duas máquinas trocam informações. No caso de WLL, o protocolo pelo qual o terminal do usuário troca informações com a ERB ou com o centro de rádio equivale à interface aérea.

PSTN: Public Switched Telephone Network (Rede Comutada de Telefonia Pública) - é a rede de telecomunicações que torna possível chamadas telefônicas. No Brasil, PSTN é sinônimo de Sistema Telebrás. O mesmo que rede pública.

PTT: Poste Télégraphique et Téléphonique. No passado, quase todos os países tentaram controlar as telecomunicações (correio inclusive) por meio de empresas estatais ou de economia mista, que ficaram conhecidas como PTT. Este ambiente de telecomunicações estatais está se desfazendo, em muitos países, com a privatização das operadoras de telecomunicações e dos correios. A sigla deve continuar a existir mais ou menos como sinônimo de PSTN. No Brasil, PTT é o Sistema Telebrás.

Quantidade de Memórias: indica a quantidade de campos onde os números de telefones individuais podem ser armazenados.

Quantidade de NAMs: indica o número de linhas telefônicas que um usuário pode habilitar em seu aparelho celular.

Rediscagem Automática: em caso de o sistema encontrar-se ocupado, o telefone faz uma nova ligação automaticamente.

Restrição de Chamadas: permite a restrição do uso do telefone em diversos níveis, de acordo com a necessidade do usuário.

Roaming: Termo utilizado para indicar que o assinante celular está utilizando seu aparelho fora de sua área de registro.

Roaming automático: Sistema que permite ao usuário de um celular viajar de uma cidade para outra sem necessidade de avisar a mudança para as operadoras celulares locais. Cada telefone celular comunica-se com a ERB mais próxima avisando que está na área. As CCCs encarregam-se de verificar de onde é o assinante e de providenciar o desvio automático das chamadas que lhe são destinadas.

RT: Remote Terminal. Termo amplamente utilizado em redes de acesso, para dizer Equipamento de transmissão localizado distante da central telefônica.

Ruído: Qualquer interferência indesejável. Em rádios, ruídos são interferências na faixa de freqüências usada para a comunicação.

SCPC: Single Channel per Carrier. Tecnologia de acesso ao satélite em que apenas um canal, de dados ou de voz, é aceito em cada portadora.

SDH: Synchronous Digital Hierarchy (Hierarquia Digital Síncrona) - padrão do UTU-T para redes de telecomunicações em que a premissa básica é que todos os equipamentos de uma rede composta por multiplexadores e rádios SDH estejam sincronizados. As velocidades mais comuns são STM-1 (155 Mbps), STM-4 (622 Mbps) e STM-16 (2,5 Gbps).

Set-Top-Box: Termo genérico que denomina o dispositivo de interface entre a rede de TV a Cabo e o Televisor do assinante. Pode ser desde um simples conversor de sinais de TV, até um terminal Multimídia bidirecional.

Serviço móvel celular: Sistema de telefonia por grupos de radiofreqüência dividido por células interligados à rede pública de telefonia.

Sinalização: Troca de informações necessárias ao estabelecimento, controle de conexões e operações de uma rede de comunicação (por exemplo, a rede pública de telefonia).

Sistemas de Automação e Controle: Termo utilizado em sistemas de Automação e Controle de tráfego Rodoviário, Ferroviário, Metrô, Aeroviário, processos prediais, industriais e Triagem Postal (correios).

Soft hand-off: É o hand-off que ocorre entre células CDMA, que usam as mesmas freqüências. No padrão celular analógico (AMPS) ou no digital TDMA, quando um telefone móvel passa de uma célula para outra, há uma troca de freqüências (relativas ao canal) que ocorre ao comando da ERB (hard hand-off). No CDMA, as freqüências são as mesmas; portanto, o espectro recebido da ERB anterior vai sendo gradativamente substituído pelo da ERB atual. O telefone móvel CDMA, por alguns instantes, vai ter de trabalhar com dois códigos, um da célula anterior e outro da atual. Pode haver hard hand-off no CDMA, contudo. Isso ocorre quando o terminal móvel de uma célula que possui apenas um canal CDMA vai para outra célula que possui mais de um canal CDMA, sendo que não há "espaço" no canal que o terminal vinha usando. Neste caso, haverá troca de canais de códigos.

TDD: Time Division Duplex: técnica que permite a comunicação bi-direcional através da utilização de uma mesma portadora.

TDM: Time - Division Multiplex. Técnica em que um mesmo canal é usado por vários usuários, um de cada vez. Em outras palavras, cada usuário tem a seu dispor toda a largura de banda do canal, durante um certo tempo.

TDMA: Time - Division Multiple Access (Acesso Múltiplo por Divisão de Tempo) - padrão digital de telefonia celular baseado em TDM. Cada canal TDMA americano tem a mesma largura de banda dos canais AMPS, 30 KHz, e é usado por três assinantes. O sinal digitalizado de cada assinante, de 64 Kbps, é comprimido para 8 Kbps por vocoders (padrão IS-54). Depois, o sinal comprimido dos três assinantes é transmitido pelo mesmo canal, um de cada vez. Os padrões TDMA IS-54 e IS-136, portanto, aumentam em três vezes a capacidade do padrão AMPS. O padrão IS-136 difere do IS-54 pela introdução de um canal de controle digital.

Telefonia fixa: Sistema de telefonia convencional constituído por telefones fixos, interligados à central telefônica por meio de um par de fios de cobre ou mesmo por ondas de rádio, como ocorre no WLL.

Tempo de Conversação ("Talk Time"): tempo mínimo de duração da bateria com o telefone em uso (em comunicação).

Tempo de Espera ("Stand-by Time"): tempo de duração da bateria sem o telefone estar sendo utilizado (sem comunicação).

Tempo de Transmissão: tempo de duração de uma ligação efetuada através de um telefone celular.

Tempo de Transmissão em Horário de Pico: período do dia em que é cobrada a tarifa normal, das 7h às 21h, de segunda a sábado.

Tempo de Transmissão Fora do Horário de Pico: período do dia em que a tarifa cobrada é mais baixa, das 21h às 07h, de segunda à sábado e o dia inteiro aos domingos e feriados.

Tempo de Uso de Canal ("Air Time"): tempo de ocupação de um canal de conversação do Serviço Móvel Celular dentro de uma determinada Área de Serviço.

Tempo de Duração da Bateria: o tempo em que uma bateria é capaz de suportar o funcionamento do aparelho até precisar ser recarregada. Normalmente este tempo situa-se entre "Talk Time e Stand-by Time". Com o sistema TDMA, o tempo de duração de uma bateria é bem maior, assim como sua vida útil.

Topologia: Topologia ou arquitetura. É o modo pelo qual as várias partes de um sistema são dispostas e interligadas. Por exemplo: há a topologia em anel, assim como a centralizada. Embora a topologia seja arbitrária, em geral reflete o avanço tecnológico da época em que um sistema foi concebido.

Transceiver: É um aparelho que funciona alternadamente (ou simultaneamente) como transmissor e receptor de rádio. Vem da junção das palavras inglesas transmitter + receiver. Transmissor + receptor.

Transferência de Assinatura: ato de transferir a outro usuário o direito de uso do Serviço Móvel Celular em caráter definitivo.

Transferência de Chamada: é um serviço disponível ao usuário que, automaticamente, transfere as chamadas para um outro número programado pelo usuário.

Trava Eletrônica (Eletronic Lock): bloqueia completamente o telefone, impedindo que pessoas não autorizadas façam ou recebam ligações.

TV Interativa: Serviço deTV que permite a interatividade, isto é, a interferência instantânea na programação por parte do assinante.

UIT: UIT ou ITU - União Internacional das Telecomunicações. Órgão da Organização das Nações Unidas (ONU) que procura estabelecer padrões mundiais. Também funciona como fórum de debates.

Validação: Registro da situação do assinante visitante.

Viva-voz: Também conhecido como "Hands-Free", permite o uso do telefone celular sem precisar pegar o monofone.

VOD: Video-on-Demand (Vídeo por Demanda) - conceito em que o usuário vê uma programação gravada num servidor remoto conforme sua solicitação. Por exemplo, o usuário pode trocar, avançar ou interromper um filme a partir de sua casa. O servidor de vídeo normalmente se encontra na central da operadora de TV a cabo.

VSAT: Very Small Aperture Terminal. Termo utilizado para estações terrenas fixas para comunicações via satélite que utilizam antenas de pequeno diâmetro.

xDSL: Digital Subscriber Line. Tecnologia de transmissão que transporta informações digitais por meio de pares de fios de cobre existentes. As taxas de transferência dependem da variação do sistema que se usa (exemplos: ADSL, HDSL, VDSL, SDSL).

WAN: Wide Area Network (Rede de Área Ampla) - conceito que define as interligações de redes locais (LANs) que se encontram em cidades, estados ou países diferentes. Normalmente, a conexão é feita por fibra óptica, rádio digital, satélite ou linhas dedicadas de dados.

WLL: Wireless Local Loop - Sistema de acesso fixo por radiocomunicação, o qual substitui, no todo ou em parte, os pares de cabo utilizados na conexão do terminal telefônico do assinante com a central telefônica.
Responder com Citação
O Seguinte 8 Usuário(s) disseram "MUITO OBRIGADO" para felipe MP Por terem gostado deste post :
Bablybabuska (30-05-2010), guinho w.a (02-12-2008), jr.hard (23-10-2012), Liine meksquer (05-11-2009), Nosyel (05-04-2009), Rcdns21 (26-10-2009), RLUISRIBEIRO (24-10-2009), WIL-13 (08-12-2008)
  #2  
Antigo 02-12-2008, 03:49 PM
Avatar de guinho w.a
Super Administrador
 
Registrado em: May 2008
Localização: Rio de Janeiro - Brasil
Posts: 25,393
MUITO OBRIGADO: 7,131
Agradecido 7,218 Vezes em 3,164 Posts
Reputação: 50
guinho w.a possui uma reputação que o reputaguinho w.a possui uma reputação que o reputaguinho w.a possui uma reputação que o reputaguinho w.a possui uma reputação que o reputaguinho w.a possui uma reputação que o reputaguinho w.a possui uma reputação que o reputaguinho w.a possui uma reputação que o reputaguinho w.a possui uma reputação que o reputaguinho w.a possui uma reputação que o reputaguinho w.a possui uma reputação que o reputaguinho w.a possui uma reputação que o reputa
Padrão Re: Dicionário do celular - Entenda todos os termos que envolvem telefonia celular!

Òtimo amigão
Tópico Fixado Parabéns...

Se tiver algum crédito por favor postar
Vlws excelente mesmo.
__________________
ATENÇÃO PESSOAL:
Usem a [Para ver e baixar os arquivos, deve se Registrar ou Logar. ]antes de postar sua duvida ou criar um tópico, clique [Para ver e baixar os arquivos, deve se Registrar ou Logar. ]para pesquisar.
Faça Upload de suas fotos, envie seus arquivos gratuitamente, clique [Para ver e baixar os arquivos, deve se Registrar ou Logar. ].
[Para ver e baixar os arquivos, deve se Registrar ou Logar. ]
[Para ver e baixar os arquivos, deve se Registrar ou Logar. ]
Por favor galera, ao criarem um tópico ou post, criar na área correta, que corresponde ao seu problema ou celular.
Não tiro duvidas por Mensagem Privada ou Mensagem de Visitante (Use o forum para suporte). Obrigado.

[Para ver e baixar os arquivos, deve se Registrar ou Logar. ]
[Para ver e baixar os arquivos, deve se Registrar ou Logar. ]
[Para ver e baixar os arquivos, deve se Registrar ou Logar. ]
[Para ver e baixar os arquivos, deve se Registrar ou Logar. ]
[Para ver e baixar os arquivos, deve se Registrar ou Logar. ]
[Para ver e baixar os arquivos, deve se Registrar ou Logar. ]
[Para ver e baixar os arquivos, deve se Registrar ou Logar. ]
[Para ver e baixar os arquivos, deve se Registrar ou Logar. ]





Responder com Citação
  #3  
Antigo 02-12-2008, 04:09 PM
Avatar de felipe MP
Modder News
 
Registrado em: Sep 2008
Posts: 690
MUITO OBRIGADO: 1
Agradecido 1,014 Vezes em 502 Posts
Reputação: 15
felipe MP é uma jóia brutafelipe MP é uma jóia brutafelipe MP é uma jóia brutafelipe MP é uma jóia bruta
Padrão Re: Dicionário do celular - Entenda todos os termos que envolvem telefonia celular!

aki esta amigo.
creditos:tutomania
Responder com Citação
  #4  
Antigo 08-12-2008, 05:31 AM
Avatar de WIL-13
Membro Senior
 
Registrado em: Nov 2008
Posts: 238
MUITO OBRIGADO: 114
Agradecido 98 Vezes em 20 Posts
Reputação: 8
WIL-13 é um desconhecido na estrada
Padrão Re: Dicionário do celular - Entenda todos os termos que envolvem telefonia celular!

Nossa muito bom para ir se familiarisando com o assunto aki abordado...

Parabéns [Para ver e baixar os arquivos, deve se Registrar ou Logar. ] muito bom dicionario...

To aprendendo bastante mesmo!!!
Responder com Citação
  #5  
Antigo 08-12-2008, 10:41 AM
Avatar de felipe MP
Modder News
 
Registrado em: Sep 2008
Posts: 690
MUITO OBRIGADO: 1
Agradecido 1,014 Vezes em 502 Posts
Reputação: 15
felipe MP é uma jóia brutafelipe MP é uma jóia brutafelipe MP é uma jóia brutafelipe MP é uma jóia bruta
Padrão Re: Dicionário do celular - Entenda todos os termos que envolvem telefonia celular!

Responder com Citação
  #6  
Antigo 24-10-2009, 02:50 PM
Avatar de RLUISRIBEIRO
Membro
 
Registrado em: Sep 2009
Localização: canoinhas sc
Posts: 41
MUITO OBRIGADO: 2
Agradecido 1 Vez em 1 Post
Reputação: 0
RLUISRIBEIRO é um desconhecido a essa altura
Padrão Re: Dicionário do celular - Entenda todos os termos que envolvem telefonia celular!

muito bom mesmo eu precisava de muitas dessas informações e ñ tinha encontrado ate agora
Parabens
Té +
Responder com Citação
Resposta

Favoritos


Usuários Ativos Atualmente Vendo Esse Tópico: 1 (0 membros e 1 visitantes)
 
Ferramentas do Tópico

Regras para Posts
Você não pode postar novos tópicos
Você não pode postar respostas
Você não pode postar anexos
Você não pode editar seus posts

Código [IMG] Sim
Código HTML Não
Trackbacks are Não
Pingbacks are Não
Refbacks are Não

Ir para...

Tópicos Similares
Tópico Tópico Iniciado Por Fórum Respostas Última Mensagem
Como funcionam os vírus de celulares felipe MP News Motomodd 12 10-11-2012 10:02 PM
Desbloqueio de quase todos os Motorola guinho w.a Tutoriais Motorola 150 28-02-2012 01:09 AM
LineAge II Nosyel Tutoriais Line Age 11 01-06-2009 03:28 PM
Celulares: quem tem os melhores aplicativos? felipe MP News Motomodd 0 02-12-2008 02:27 PM

Você esta em ambiente seguro, clique abaixo e saiba o porque


Horários baseados na GMT -3. Agora são 04:34 PM.

Powered by vBulletin® Version 3.8.6
Copyright ©2000 - 2014, Jelsoft Enterprises Ltd. :: Translated by vB-Brasil
Revisado / Administrado por Guinho W.A Motomodd® - Todos os direitos Reservados